Dulce María, feliz por continuar consolidando sua carreira como solista

A poucos dias do lançamento do “DM”, sua terceira produção discográfica como solista, Dulce María expressou emoção por este material, o qual inclui alguns temas de sua autoria como “Cicatrices”, que transmite um momento muito importante de sua vida.

“Estou muito feliz com este novo disco porque é diferente dos anteriores “Sin Fronteras” e “Extranjera”, pois é algo com ritmo que já estava buscando, mais pop rock, mesmo com o dueto com Joey Montana, “Volvamos”, é o tema mais urbano que há no álbum”.

Em entrevista ao Notimex, a cantora, atriz e compositora mexicana, detalhou que o DM se trata de uma produção cheias de histórias e experiências.

A primeira canção que eu escrevi deste disco foi “Cicatrices”, que da a impressão de que “os guerreiros possuem muitas cicatrizes, mas não nos doí, porque seguimos adiante e esse é o ponto: seguir em frente e continuar construindo, lutando por seus sonhos.

Compartilhou que graças a Deus cada vez mais solidifica sua carreira e vai aumentando o repertório. “Estou compondo mais e sei que é um caminho longo que se constrói todos os dias”.

Sobre as dificuldades que enfrentou para gravar este disco, contou que, embora algumas sessões de composição, gostou de ter mais tempo para dedicar-se apenas a compor.

Essa etapa de foi complicada porque eu estava gravando também a novela Corazón Que Miente. No entanto, saíram coisas incríveis. Me encontrei com pessoas super talentosas de toda a equipe de Universal me deu muito apoio.

De acordo com Dulce María, DM contém exatamente o que ela gostaria de transmitir através de histórias diretas por suas composições. “Eu gosto do pop e brincar com sons mais orgânicos, os acústicos (…) eu adoro o resultado.

Fonte

Comentários