Entrevista de Dulce María para Revista Open

A ex-integrante do RBD procura se consolidar com o lançamento de seu terceiro álbum de estúdio.

Cidade do México, México

Fonte: Revista Open

Alcançou a fama e o sucesso como integrante do RBD, mas a verdadeira prova de fogo para Dulce María chegará em março de 2017, quando apresentará seu terceiro álbum de estúdio na busca de consolidar sua carreira.

“Foi uma experiência enorme poder ter sido parte de um grupo como RBD que nos abriu as portas do mundo inteiro. Por outro lado, levo seis anos em minha carreira de solista e isso é algo muito diferente porque se trata de uma responsabilidade muito maior.

“ (Agora) posso escolher mais meus projetos e me afastei um bom tempo das telenovelas para ter um pouco mais de acesso a minha vida pessoal e também ao mesmo tempo me dedicar a música, as turnês, e felizmente tenho projetos que quero desenvolver”, explicou.

Em entrevista com a revista OPEN, a intérprete de Inevitable falou sobre o impacto das redes sociais, e o quanto gosta de estar em contato com seus seguidores através de Internet.

“Na realidade gosto muito de me expressar. Uma das cosas que me motiva a continuar nessa carreira é que existe muitas jovens, muitas pessoas que sinceramente me escutam, que escutam minha música, que tem lido o que escrevo, que me leem, que me perguntam, me contam, inclusive me mandam cartas com suas histórias.

Consciente dos perigos que representam plataformas como Facebook ou Twitter, a atriz de 10 telenovelas, entre elas, Rebelde, confessou que agora revisa muito bem os textos que posta nas redes.

“Sim, porque a verdade é que as coisas mudaram. Eu me lembro que em 2006, 2007, quando saiu Twitter, podia escrever o que fosse e não havia problema, não acontecia nada. Era muito divertido e libertador. Mas chegou um ponto em que isso se converteu em uma arma, no que você coloca te crucificam.

Sobre o mesmo tema, Dulce María acrescentou que assumiu “a responsabilidade de pensar muito bem o que vou subir quando começaram a aumentar meus seguidores. Antes tinha 11 mil seguidores e agora tenho 6 milhões”.

Fonte: Ritmoson

Tradução: Equipe DW

Comentários